A Cinco Passos de Você - intelectosolucoes

Tudo

Ofertas do Dia - Livros

A Cinco Passos de Você

Autora: Rachael Lippincott

Tradutora: Amanda Moura

 

Stella Grant gosta de estar no controle. Ela parece ser uma adolescente típica, mas em sua rotina há listas de tarefas e inúmeros remédios que ela deve tomar para controlar a fibrose cística, uma doença crônica que impede que seus pulmões funcionem como deveriam. Suas prioridades são manter seus pais felizes e conseguir um transplante – e uma coisa não existe sem a outra. Mas para ganhar pulmões novos, Stella precisa seguir seu tratamento à risca e eliminar qualquer chance de infecção, o que significa que ela não pode ficar a menos que dois metros de distância – ou seis passos – de outros pacientes com a doença. O primeiro item é fácil para ela, mas o segundo pode se provar mais difícil do que ela esperava. O único controle que Will Newman deseja é o de sua própria vida. Ele não dá a mínima para o novo tratamento experimental para o qual foi selecionado e não aguenta mais a pressão de sua mãe para que melhore. Prestes a completar dezoito anos, ele mal pode esperar para finalmente se livrar das máquinas e hospitais, usando o pouco de vida que ainda lhe resta para conhecer o mundo. Stella e Will são muito diferentes. Ao mesmo tempo, a doença que os une não é a única coisa que têm em comum. Eles têm que ficar a seis passos um do outro, mas, conforme a conexão entre os dois aumenta, a vontade de burlar a distância física parece insuportável. Um grande amor vale um passo roubado?

a-Cinco-Passos-de-Voce
A Cinco Passos de Você

Especificações-old

ISBN9788525067425
Páginas288
FormatoBrochura
Edição1ª Edição
DescriçãoStella Grant gosta de estar no controle. Ela parece ser uma adolescente típica, mas em sua rotina há listas de tarefas e inúmeros remédios que ela deve tomar para controlar a fibrose cística, uma doença crônica que impede que seus pulmões funcionem como deveriam. Suas prioridades são manter seus pais felizes e conseguir um transplante – e uma coisa não existe sem a outra. Mas para ganhar pulmões novos, Stella precisa seguir seu tratamento à risca e eliminar qualquer chance de infecção, o que significa que ela não pode ficar a menos que dois metros de distância – ou seis passos – de outros pacientes com a doença. O primeiro item é fácil para ela, mas o segundo pode se provar mais difícil do que ela esperava. O único controle que Will Newman deseja é o de sua própria vida. Ele não dá a mínima para o novo tratamento experimental para o qual foi selecionado e não aguenta mais a pressão de sua mãe para que melhore. Prestes a completar dezoito anos, ele mal pode esperar para finalmente se livrar das máquinas e hospitais, usando o pouco de vida que ainda lhe resta para conhecer o mundo. Stella e Will são muito diferentes. Ao mesmo tempo, a doença que os une não é a única coisa que têm em comum. Eles têm que ficar a seis passos um do outro, mas, conforme a conexão entre os dois aumenta, a vontade de burlar a distância física parece insuportável. Um grande amor vale um passo roubado?
Autor(es)Autora: Rachael Lippincott
Tradutora: Amanda Moura

Especificações

ISBN9788525067425
Dimensões21cm x 14cm
Edição1ª Edição
Número de Páginas288

Anexos

Sumário

Autora: Rachael Lippincott

Tradutora: Amanda Moura

 

Stella Grant gosta de estar no controle. Ela parece ser uma adolescente típica, mas em sua rotina há listas de tarefas e inúmeros remédios que ela deve tomar para controlar a fibrose cística, uma doença crônica que impede que seus pulmões funcionem como deveriam. Suas prioridades são manter seus pais felizes e conseguir um transplante – e uma coisa não existe sem a outra. Mas para ganhar pulmões novos, Stella precisa seguir seu tratamento à risca e eliminar qualquer chance de infecção, o que significa que ela não pode ficar a menos que dois metros de distância – ou seis passos – de outros pacientes com a doença. O primeiro item é fácil para ela, mas o segundo pode se provar mais difícil do que ela esperava.

Saiba Mais

SumárioAutora: Rachael Lippincott
Tradutora: Amanda Moura

Stella Grant gosta de estar no controle. Ela parece ser uma adolescente típica, mas em sua rotina há listas de tarefas e inúmeros remédios que ela deve tomar para controlar a fibrose cística, uma doença crônica que impede que seus pulmões funcionem como deveriam. Suas prioridades são manter seus pais felizes e conseguir um transplante – e uma coisa não existe sem a outra. Mas para ganhar pulmões novos, Stella precisa seguir seu tratamento à risca e eliminar qualquer chance de infecção, o que significa que ela não pode ficar a menos que dois metros de distância – ou seis passos – de outros pacientes com a doença. O primeiro item é fácil para ela, mas o segundo pode se provar mais difícil do que ela esperava. O único controle que Will Newman deseja é o de sua própria vida. Ele não dá a mínima para o novo tratamento experimental para o qual foi selecionado e não aguenta mais a pressão de sua mãe para que melhore. Prestes a completar dezoito anos, ele mal pode esperar para finalmente se livrar das máquinas e hospitais, usando o pouco de vida que ainda lhe resta para conhecer o mundo. Stella e Will são muito diferentes. Ao mesmo tempo, a doença que os une não é a única coisa que têm em comum. Eles têm que ficar a seis passos um do outro, mas, conforme a conexão entre os dois aumenta, a vontade de burlar a distância física parece insuportável. Um grande amor vale um passo roubado?

Quem leu, comprou também

  • Diários da Presidência 1995-1996

    Por: R$ 79,99

    ou 3x de R$ 26,66

    Autor: Fernando Henrique Cardoso

     

    A articulação política para a formação do governo. O necessário convívio com o fisiologismo. As intrigas palacianas. Os atritos com o Congresso. A negociação com os setores retrógrados. A reforma do Estado. A solidão. Durante seus dois mandatos como Presidente da República (a primeira entrada data de 25 de dezembro de 1994, quando o presidente eleito mas não empossado reflete sobre a composição do ministério), Fernando Henrique Cardoso manteve o hábito quase semanal de registrar, num gravador, o dia a dia do poder. Os diários têm a franqueza das confissões deixadas à posteridade - como de fato era a intenção original do autor. Neles transparecem as hesitações do cotidiano, os julgamentos duros de amigos próximos, os pontos de vista que mudam com os fatos, as afinidades que se criam e as que arrefecem. Para o leitor, são não só uma janela aberta para a intimidade do poder como uma ferramenta valiosa para a compreensão do Brasil contemporâneo. Os registros orais de FHC foram transcritos por Danielle Ardaillon, curadora do acervo da Fundação Instituto Fernando Henrique Cardoso, revistos pelo autor e pela editora, e serão organizados em quatro volumes bianuais (1995-6; 1997-8; 1999-2000; 2001-2). Os dois primeiros anos compreendem quase noventa horas de gravação, decupadas a partir de 44 fitas cassete, que renderam mais de novecentas páginas.

  • Diários da Presidência 2001-2002

    Por: R$ 109,99

    ou 3x de R$ 36,66

    Autor: Fernando Henrique Cardoso

     

    "No quarto e último volume da série dos Diários da Presidência, Fernando Henrique Cardoso revela os bastidores do final de seu segundo mandato. O cotidiano da política nacional e as reflexões sobre o exercício do poder compõem o pano de fundo da narrativa minuciosa dos principais êxitos e desafios do governo.

     

    No final de 2002, depois de oito anos no Planalto, o presidente Fernando Henrique Cardoso concluía seu segundo mandato com uma lista de realizações que transformaram o Brasil, com destaque para o Plano Real. A abertura da economia, a forte evolução dos indicadores sociais e a inserção soberana do Brasil no mundo globalizado também marcaram sua presidência, além da construção de numerosas obras de infraestrutura.

    Por outro lado, a sequência de crises internas e externas enfrentadas desde 1995 obrigara o presidente a tomar decisões difíceis como a brusca desvalorização da moeda, em 1999, e a demissão de auxiliares próximos acusados de condutas impróprias. A derrota do tucano José Serra para o petista Luiz Inácio Lula da Silva refletiu nas urnas o desgaste da popularidade do governo, debilitada desde a crise do apagão, iniciada em 2001.

    No quarto volume da série monumental dos Diários da Presidência, que abarca o período 2001-2002, FHC expõe sua visão definitiva sobre o exercício do poder e os destinos do Brasil. Nas entrelinhas dos registros e reflexões, as emoções do calor da hora temperam a frieza analítica de sociólogo e a argúcia de estadista calejado pelas intempéries de Brasília."

  • Autor: Gilberto Nascimento

     

    "Com mais de 10 mil templos, distribuídos em todos os estados e em quase cem países, a Igreja Universal do Reino de Deus é um gigante neopentecostal. Da réplica do Templo de Salomão, Edir Macedo dirige sua igreja com autoridade inconteste, cortejado por líderes de todas as cores ideológicas. Nesse sentido, a recente unção de Jair Bolsonaro como paladino da fé cristã ? celebrada pessoalmente por Macedo ? demonstra um projeto de poder iniciado há mais de quarenta anos na primeira sede da Universal, o prédio de uma antiga funerária no subúrbio do Rio de Janeiro.

    Neste minucioso e inédito trabalho de apuração jornalística, Gilberto Nascimento traça a história completa da IURD, de seu fundador e de sua vertiginosa expansão. Indispensável para compreender o Brasil de hoje, O reino examina os mecanismos internos da igreja e suas estratégias para arrebatar ? e manter ? fiéis, e explica como o bispo se tornou uma celebridade midiática, autor de best-sellers e empresário de sucesso, imune a todas as polêmicas em torno de seu império religioso."

  • Diários da Presidência 1997-1998

    Por: R$ 79,99

    ou 3x de R$ 26,66

    Autor: Fernando Henrique Cardoso

     

    Os bastidores da emenda da reeleição, crises internacionais e pressões especulativas contra a moeda brasileira, indecisões de fundo quanto à política cambial, a morte de dois fiéis escudeiros, supostos “escândalos” e chantagens. Neste volume de seus diários (1997-1998), Fernando Henrique Cardoso registra alguns dos maiores desafios ? tanto políticos quanto macroeconômicos ? de seus anos no poder e transmite ao leitor a sensação palpável do áspero cotidiano presidencial. Em meio à tenaz batalha para a implementação de reformas modernizadoras, tendo por aliados setores arcaicos do país ante a impossibilidade de acordo com a esquerda tradicional, o então presidente encontra tempo para reflexões premonitórias sobre o jogo de forças da política brasileira. Leitura indispensável para a compreensão do país hoje.