Concursos Públicos

Produtos encontrados: 3 Resultado da Pesquisa por: em 4 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

  • Questões Comentadas de Direito Previdenciário

    Por: R$ 53,99

    ou 2x de R$ 26,99

    Apesar dos prognósticos feitos no final de 2016, o ano de 2017 foi repleto de concursos públicos e o ano de 2018 já iniciou com mais de 61 mil vagas em concursos abertos em todo o Brasil.
    A iminência de um novo concurso do INSS, somado o fato de o Direito Previdenciário não constar da grade curricular obrigatória dos cursos jurídicos, justifica a elaboração desta obra, fruto de uma análise pormenorizada das provas de concursos realizados nos últimos dez anos.
    A autora não tem a pretensão de esgotar editais no que diz respeito ao Direito Previdenciário, e sim, com base na Teoria de Pareto, auxiliar o concurseiro no estudo e compreensão da matéria.
    Obra imprescindível para aqueles que desejam maximizar os estudos em Direito Previdenciário, traçando a estratégia de compreender e fixar os assuntos mais cobrados em concursos para o nível segundo grau e superior, com destaque para os cargos de Técnicos, Analistas, Procuradores, Promotores, Defensores e Juízes.
    De forma clara e objetiva, a autora, com mais de 17 anos de experiência na área, explica questão por questão de forma a facilitar o estudo do Direito Previdenciário, que representará seu diferencial para a aprovação.

  • Instituição do Ministério Público para Concursos 2ª ed.

    Por: R$ 87,00

    ou 3x de R$ 29,00

    A evolução histórica do Ministério Público (MP) vai desde as funções "de procurador do rei a defensor da sociedade" - cujo alcance Roberto Lyra assim anteviu: "Idealizo a transformação do Ministério Público em Ministério Público Social [...], com fins e também meios próprios contra não só as ilegalidades, mas principalmente, contra as injustiças...". A Constituição Federal de 1988, além de conferir "funções essenciais" ao MP, também o estruturou de modo similar aos clássicos Poderes de Estado, sobretudo em relação à autonomia, garantias e prerrogativas. É plena a sua independência para as funções político-institucionais - detendo parcela da soberania nacional, ao propor, com exclusividade, a ação penal pública. O poder deve controlar o próprio poder, como forma de conter abuso ou arbítrio de governantes e implementar os direitos fundamentais da Cidadania. Por isso - enquanto um Poder legisla, outro administra e o outro julga -, o Ministério Público aciona e provoca, fiscaliza ou controla, denuncia, investiga, responsabiliza, orienta, concilia e intercede.

Produtos encontrados: 3 Resultado da Pesquisa por: em 4 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Mostrar mais produtos